Tiago Silveira


Das exuberantes paisagens amazônicas e vivências com populações tradicionais do Estado do Pará nasceu o trabalho de Tiago Silveira. Natural de Niterói, criado em Belém e radicado em Santarém, Tiago imprime, predominantemente em preto e branco, mas também no espectro das cores, suas visões de momentos em personagens e situações.

A fotografia antropológica/documental que desenvolve é parte de uma experimentação arraigada em um sincretismo artístico que se entretém na diversidade de repertório de cada pessoa e do quanto cada indivíduo é capaz de buscar a própria significação.

Sua obra compõe acervo de livros e revistas de veiculação nacional e atualmente participa como integrante do “Coletivo Periscópio”, formado por mais 3 fotógrafos na cidade de Santarém e que através de ações culturais na área da fotografia e da produção experimental de imagens, tem organizado oficinas, sessões de filmes/documentários e eventos para congregar os entusiastas da imagem estática e em movimento.